Cobertura

The Killers encerra turnê no Brasil com maestria e queima de fogos

Em véspera de feriado, o Festival Metrópole aconteceu em Brasília, trazendo bandas como Jovem Dionísio, Raimundos, Capital Inicial e The Killers para a capital do Brasil.

Abrindo a noite, Jovem Dionísio se apresentou, mostrando ser uma banda muito divertida, mesmo embaixo de chuva.

Cantando a música que está em alta ”Acorda, Pedrinho” e mais algumas musicas do álbum com o mesmo nome. O grupo fez uma apresentação leve pra começo de noite.

Foto: Pedro Ribas

Raimundos foi a segunda apresentação da noite.

Com guitarras pesadas e hits atemporais, levaram o público admirador do rock nacional ao delírio.

Durante sua performance, a banda cantou “Um Lugar ao Sol“, de Charlie Brown Jr.

“Essa é de uma banda que sempre esteve com a gente. Nós sempre unimos forças para colocar o rock para cima. Hoje, temos dois deles olhando para a gente do céu neste momento: Chorão e Champignon. Obrigada pela irmandade e parceria de sempre. Essa música vocês deram para a gente, e nós tocamos para vocês agora”.

Digão.

Mesmo com o show debaixo da chuva ninguém deixou de cantar e dançar ao som de “Mulher de Fases“, do seu clássico disco ‘Só No Forévis‘, lançado em 1999.

Fotos: Pedro Ribas

A banda Capital Inicial também foi uma das atrações mais aguardadas do evento. Os Brasilienses foram responsáveis pelo show antes de The Killers.

Com uma setlist clássica com músicas como “Que País É Esse” e “Não Olhe Para Trás”, foram as músicas que fizeram o Estádio Mané Garrincha estremecer, com milhares de fãs indo ao delírio de baixo de chuva, com direito a um cover de Legião Urbana do hit “Tempo perdido”, onde Dinho Ouro Preto se emocionou

“Vou cantar uma música da maior banda da história do rock brasileiro. Que, por acaso, é daqui de Brasília”.

O vocalista do Capital Inicial se emocionou durante diversos momentos da apresentação e ressaltou que não consegue explicar a sensação de se apresentar em sua casa.

Fotos: Pedro Ribas

The Killers apresentou seu último show no Brasil deixando sua marca na capital do país, no Estádio Mané Garrincha em Brasília. A setlist marcante é cheia de hits históricos como “Mr. Brightside” e “Shot At the Night”.

Muitos confetes biodegradáveis verdes e amarelos fizeram com que o show ficasse mais marcante enquanto Brandon Flowers não deixava que a energia diminuísse com sua presença de palco única. De surpresa, o vocalista começou um cover de “Sozinho” do Caetano Veloso. Ao terminar, Brandon ficou muito feliz de conseguir cantá-la em português e falou “é uma música linda!” em meio a aplausos.

O baterista Ronnie Vannucci fez uma brincadeira com a galera no final e puxou a queima de fogos que foram o encerramento da passagem da banda na América do Sul. Um momento emocionante com um gostinho de quero mais para os fãs brasileiros.

Fotos: Chris Phelps

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.