Por Dentro Do Álbum

Por Dentro do Álbum: I’ve Loved You For So Long – The Aces

Tem melhor jeito de começar o mês do Orgulho?

Perdendo o medo de explorar seus sentimentos mais profundos, The Aces lança o álbum I’ve Loved You for So Long, onde o som envolvente mostra a naturalidade dos detalhes complexos de suas personalidades.

Capa do álbum

I’ve Loved You For So Long

O pontapé do álbum é dado bem vibes. Produzida por Keith Varon – mesmo colaborador do álbum Daydream – a música dá nome ao álbum e mostra um pouco do que há por vir nas próximas 10 faixas.

Alisa escreveu a linha “I’ve Loved You For So Long” e Cristal diz que era uma frase que sentia que era grandiosa e romântica. Ali elas começaram a explorar como o amor é de verdade em uma relação de longo tempo, quando você sente a outra pessoa como parte de você.

Cristal diz que enquanto elas escreviam e debatiam esse assunto, ela percebeu que o amor da vida dela era em si, a banda.

Girls Make Me Wanna Die

A vibe calma é apenas um esquenta pra fervorosa Girls Make Me Wanna Die. Ela lembra a música dos filmes teen dos anos 2000 – e não é uma coincidência! A banda já contou que essa é uma chamada nostálgica aos seus anos de adolescência.

Elas queriam que a música tivesse um sentimento de desespero e juventude, e é exatamente o que você ouve na música.

Always Get This Way

Foi escrita em um dia em que Cristal estava no seu pior. Ela lembra dos 45 minutos que dirigiu ao estúdio e conta que Alisa a encorajou a explorar esse sentimento, mesmo que ruim. O que aconteceu foi que ela acabou compondo a música rapidamente.

Para Cristal, foi a música que permitiu o novo álbum a se tornar o que é.

Solo

Essa foi a primeira vez que Cristal explorou o que estava fazendo no relacionamento e o que era sua culpa. Em uma vibe Taylor Swift em Anti-Hero com, a quarta faixa resume-se à: sim, talvez ela também seja o problema

Mais pessoal, essa também conta com produção delas. O estilo da música lembra muito um pop com o do trio Muna.

Suburban Blues

Considero esse o pico do álbum! A pitada do punk rock e ainda aquele sentimento do early 2000s é uma combinação perfeita com a mensagem que a música passa.

Em toda a letra existe o contraste do caos da cidade natal onde elas cresceram, a cultura e religião que foram parte de sua criação e a reconexão consigo mesmas.

“Cidade pequena / Estou esgotada […] Ninguém sabe que eu estou morrendo por dentro […] Tudo que eu amo me dizem que não posso tocar / Pois boas meninas amam Jesus e não aquela menina de Phoenix”

The Aces nos contou mais sobre essa questão em entrevista lá em abril. Você pode conferir aqui

Person

Person é talvez a música mais clara sobre o assunto destacado pelas quatro para o álbum: assuntos delicados e vulneráveis. Aqui elas cantam sobre sentimentos incertos, a orgânica negatividade depressiva e a aceitação de que, às vezes, só somos essa pessoa mesmo.

Miserable

Easter egg desbloqueado com sucesso! O verso favorito de Alisa, como ela nos contou, está presente aqui: “Finally got what I want / But the next part’s kinda comical / I’m still fucking miserable”

A faixa oito é perfeita para quem curte aquele som com vibe de verão, que dá vontade de colocar o rosto pra fora da janela e gritar as letras aos ventos.

Younger

O encerramento do álbum embraça o passado, falando sobre quem costumavam ser. “Younger”, em português “mais jovem”, retrata desejos de querer ser diferente quando jovem e a facilidade de aceitar e ser feliz com quem genuinamente são, atualmente, adultas.

A sonoridade se torna positiva e traz um sentimento de fim perfeito para o disco.


Estamos acostumados a ver artistas fazerem álbuns musicais sobre sua fase de crescimento, mas há algo especial em I’ve Loved You For So Long que conta mais sobre a história de The Aces e de como a banda se tornou a vida de cada uma delas. A sensação final é como se você tivesse acabado de ganhar quatro novas amigas, podendo também se identificar com pedacinhos de suas histórias.

Quer conhecer mais da jornada delas? Confira o post de Artista do Mês.

Um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.