Resenha

GP Week: primeiro dia traz artistas que faziam falta no Brasil

Foto: Iris Alves (@irisalvesc)

Iniciando a segunda edição do GP Week no Brasil, o primeiro dia trouxe artistas de diversos estilos para o palco no Allianz Parque. Hodari, Jaden Hossler, Machine Gun Kelly, Halsey e Swedish House Mafia animaram toda a tarde e noite de sábado.

Às 13:00 em ponto o portão foi aberto para o público e os fãs que aguardavam ansiosamente já correram para seus devidos lugares.

Por não estar ainda tão cheio, muitos conseguiram passear e conhecer também algumas ativações, como a do Rappi, que dava um cordão para copo e um boné personalizado da marca. E pra quem fosse Prime no aplicativo, também ganhava uma massagem de graça no estande deles. A Heineken também tinha seu espaço com os famosos copos retornáveis que eles já vem levando para alguns festivais.

Hodari foi a primeira atração do dia, e mesmo não sendo tão conhecido pelo público, mostrou-se dedicado a fazer o show ser prazeroso a aqueles que estavam embaixo do sol bem forte da tarde. Seu som explora a música africana e brasileira, misturando o hip hop, candomblé, blues, jazz e MPB.

Ele pediu para que o público conferisse seu primeiro álbum após o festival, álbum este que leva seu nome e foi indicado ao Grammy Latino.

O cantor foi citado em nossa matéria com artistas que gostaríamos de ver no Lollapalooza, e após esse show cresce a ansiedade pela artista em mais um festival.

Foto: Iris Alves (@irisalvesc)

Jaden Hossler, ou como é mais conhecido JXDN, foi a segunda apresentação e já entrou com a camiseta amarela do Brasil com o nome do Pelé nas costas. O cantor, que já esteve no Brasil ano passado, apresentou algumas músicas diferentes da outra setlist e deixou seus fãs muito emocionados e animados com seu show.

Durante sua performance, ele contou como para ele os brasileiros são as pessoas mais legais do mundo que já conheceu, e que o mesmo adora vir ao país e receber o carinho dos fãs.

“Essa próxima música pode parecer animada, mas não é. Mas estamos aqui porque a música cura então, brasileiros, vocês podem cantar comigo?.”

– Jaden antes de começar ‘BETTER OFF DEAD’.

Pray’ foi um momento de muita emoção para os amantes de sua música. O cantor se sentou na ponta do palco para ter um momento mais próximo daqueles que o acompanham.

Os destaques da apresentação foram ‘Chrome Hearted’, ‘SO WHAT’, ‘WANNA BE’, mesmo sem a presença de MGK, e ‘ANGELS & DEMONS’.

Ao final do show ele passeou pelo palco com a bandeira do Brasil e novamente disse o quanto ama o país.

Foto: Iris Alves (@irisalvesc)

Muito esperado pelos fãs após sua apresentação no Lollapalooza no ano passado, Machine Gun Kelly entrou no palco com seu macacão rosa e óculos de sol escuro. A primeira vista pode parecer intimista, mas logo você vê que a conexão com seus fãs vai muito além.

A estrutura de seu palco e toda a entrega de sua banda fazem o show merecer mais do que uma apresentação do meio da tarde. Mesmo com nem tantos fãs presentes, quem pode comparecer ao festival entregou tudo de si em músicas como ‘PRESSURE’, ‘Forget Me Too’ e ‘I Think I’m Okay’.

Durante ‘Floor 13’ Machine pede para que uma roda se forme na pista Paddock, e os fãs se jogam no meio no refrão da música.

Trazendo uma surpresa, o cantor cantou ‘Dança Kuduro’, mas se decepcionou um pouco com o retorno da plateia e pediu para recomeçarem a canção. Fugindo de sua setlist normal, ele adicionou ‘Bad Things’, seu feat. com a cantora Camila Cabello ao show.

O cantor desceu do palco em ‘drunk face’ e fez toda a volta da Paddock pela grade até chegar no camarote onde sua amada Megan Fox estava. Além de interagir com a namorada, ele também fez uma brincadeira dizendo que ‘Emo Girl’ foi uma música que ele escreveu para Jaden Hossler, que também estava na plateia assistindo o show e riu da situação.

MGK troca de roupa 3 vezes durante o show e em uma delas ele voltou com a camiseta do Brasil também recebendo muitos a
gritos dos fãs.

Foto: Iris Alves (@irisalvesc)

Halsey foi a quarta atração do primeiro dia e teve um dos públicos mais altos da noite. Sua intro retrata diversas aranhas em seu habitat, o que os fãs acham que possa ter a ver com o tema da próxima era da cantora, e com a frase final Live of The Spider no telão a cantora sobe ao palco começando com ‘Nightmare’ que fez o público ir a loucura.

Durante ‘Castle’ a cantora fez uma pequena pausa e relembrou sobre seu primeiro show no Brasil em 2016 quando a mesma tinha apenas um álbum e realizou um dos melhores shows da sua vida. Disse que queria a mesma energia que recebeu naquele dia no GP Week, com muitos pulos os fãs entregaram tudo.

Easier Than Lying’, ‘Experiment on Me’, ‘Honey’ e ‘The Lighthouse’ mostram uma nova versão de Halsey que provavelmente muitas pessoas presentes não conheciam, mas que teve um ótimo retorno com muitos comentários positivos. A mudança de ritmo de músicas como ‘Eastside’ e ‘Closer’ para que elas se encaixassem melhor no festival também foi perfeita.

Claro que algumas de suas músicas da época Tumblr não ficaram de fora, ‘Hurricane’ e ‘Gasoline’ são grandes queridas dos fãs que receberam elogios da cantora por estarem cantando tão alto. A mesma comentou sobre como sempre fica nervosa quando vai vir ao Brasil por não saber como vai ser a recepção do público, mas que no final não entende porque ficou aflita já que os fãs daqui são os melhores.

Finalizando sua apresentação com ‘I’m Not a Woman, I’m a God’, Halsey se despediu do público sem sua clássica descida do palco por problemas técnicos com a escada que precisou ser retirada.

Foto: Iris Alves (@irisalvesc)

Swedish House Mafia foram os headliners do primeiro dia e fizeram os fãs de música eletrônica ficarem até mais tarde no festival. Com uma set misturando remix de outros artistas e até funk, todos, incluindo Halsey e Avan Jogia, entraram na pista para se divertir.

Suas músicas mais famosas como ‘One’ e ‘Mouth To a Flame’, junto com muita fumaça e fogos, fizeram toda a galera presente pular e dançar.

O momento alto da noite foi ‘Don’t You Worry Child’, maior sucesso do trio, que teve uma versão estendida da original.

Terminando com fogos, o primeiro dia foi fechado com chave de ouro. Você pode conferir vídeos e fotos do festival em nosso Instagram.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.