Cobertura

Festival Coolritiba realiza mais uma incrível edição na capital paranaense

O Festival Coolritiba aconteceu no dia 20, sábado, e além de arrasar no lineup, a organização foi um show a parte. Foram mais de 20 mil pessoas, 14 horas de música, 4 palcos diferentes, tudo isso com poucas filas nos banheiros, bares e na praça de alimentação. O evento contou com área de descanso, roda gigante, balanço, tirolesa e locais lindíssimos para fazer aquela fotinha! Além de que a Pedreira Paulo Leminski é sempre um ótimo local para shows por conta da sua beleza natural. Vem com a gente que vamos te falar um pouquinho mais sobre o evento e os artistas incríveis que passaram por essa edição. 

Além dos palcos externos, dentro da Ópera de Arame teve o Beats Stage, palco de música eletrônica rolando por várias horas. Os visuais ficaram lindos e lá também tinha seu próprio bar para facilitar o acesso pro público. Vários artistas passaram por lá e encheram o local de gente com a energia lá em cima! 

O Mike’s Stage ficava pertinho da entrada do festival, lá tinha vários cenários para garantir a foto no Coolritiba e óbvio, um local super legal para rolar shows. Como é um palco menor, foi o momento de artistas revelações brilharem nas apresentações. 

Foto: Divulgação

O palco principal, Cool Stage, foi dividido em dois lados, A e B, facilitando muito o público, já que foram mais de 12 horas de shows principais e já se conseguia assistir os artistas dos dois palcos.

Rolou show da Fresno e, como sempre, foram super queridos e mostraram muito amor pela cidade paranaense. No fim um dos integrantes, Guerra, falou sobre o pai que faleceu no dia anterior e dedicou o show a ele. Então, com certeza não foi um show fácil pra banda, mas mesmo assim concluíram ele com sucesso e cantando vários hits. 

Lagum também fez um set maravilhoso, a banda foi impecável, com um cenário super cool para o novo álbum. Como foi a primeira vez da banda em Curitiba depois do lançamento de “Depois do Fim”, eles conversaram com o contratante antes de subir ao palco e falaram que vão voltar à cidade em outubro, estaremos esperando! Pedro Calais, vocalista, ainda fez uma brincadeira com o público para a sua nova música “Coisa Boa” que está bloqueada no álbum, mas pediram pro público cantar um trechinho para que eles pudessem gravar. Com certeza, o show deles foi um dos momentos mais marcantes do festival. 

Mano Brown subiu ao palco com dançarinos e arrasando nos vocais. Ainda teve Ice Blue entrando de surpresa para cantarem juntos, icônico! 

A Sandy passou pelo festival mais Cool do Brasil com visuais lindos e fazendo questão de mostrar seus talentos musicais! A cantora utilizou megafone e pandeiro durante sua apresentação. Artista demais! Ela contou que a primeira vez que tocou no festival foi com Anavitória, em 2018, e sua última vez na cidade foi durante a turnê de Sandy e Júnior, que inclusive tiveram músicas da dupla que entraram para setlist. 

Gilberto Gil, uma lenda na música brasileira, foi a última atração do lado A do palco. O cantor emocionou o público com suas melhores músicas, uma banda impecável e muito carisma. Gilberto pôde dedicar “Estrela” à filha do Paulo Leminski e Alice Ruiz. Ele contou para a revista Noize que a música não é para ela, mas que o nome dela, Estrela, é fundamental na canção. Foi lindo! 

Para finalizar a noite incrível, Marisa Monte fechou o Cool Stage com um set impecável. Com troca de figurino, banda maravilhosa e muitas lágrimas no público, o show da cantora foi o jeito perfeito de encerrar a noite. Mesmo com frio de 9 graus, a plateia cantou todas as palavras das mais maravilhosas músicas. 

Além desses, tiveram nomes como Tuyo, Agnes Nunes, Alceu Valença, Matuê + Teto e L7nnon. Todos arrasaram demais! 

Você pode conferir vídeos e ainda mais informações sobre o Coolritiba 2023 nos stories do nosso Instagram aqui.

Fotos: Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.