Entrevista

Entrevista: 2Z mostra suas conexões com o Brasil em terceira visita ao país

A banda sul-coreana 2Z desembarcou no Brasil pela terceira vez em março, para uma turnê que contou com passagens em Curitiba, São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte. Antes do show na conhecida VIP Station (SP), a We In The Crowd teve a oportunidade de conversar um pouco com os meninos. 

Formado em 2020 pelos integrantes Hojin (vocais), Bumjum (bateria), Jiseob (guitarra), Junghyun (baixo) e Zunon (DJ), 2Z aposta em um estilo pop rock – que chega a agradar tanto os fãs de k-pop, quanto aqueles que não são tão familiarizados com as batidas dançantes do pop coreano.

Anteriormente, o conjunto esteve em solo brasileiro para uma turnê de sucesso em 2022 e para integrar o festival Asia Star em 2023, junto com artistas como TRI.BE e Jeff Satur.  

“Foi maravilhoso. (…) Como a plateia era feita de fãs de diversos artistas, tivemos a chance de nos divulgar para esse público que ainda não nos conhecia. Não conseguimos descrever o sentimento com palavras”

2Z sobre o Asia Star Festival

O quinteto também sempre fez questão de deixar claro para o mundo sua admiração pela música brasileira. Foi assim que aprenderam inteiramente – num português impressionante – as músicas  “A Queda” da Gloria Groove, “Admirável Chip Novo” da Pitty e “Razões e Emoções” do NX Zero, as quais eles cantam em seus shows. 

“Falando em cantar em português, dessa vez preparamos (para a turnê) uma introdução especial para o show inteiramente em português, simulando uma conversa entre um piloto e sua cabine de controle.”

Junghyun sobre a banda aprender português

Em janeiro, 2Z lançou o EP “Do Not Disturb”, que conta com faixas incríveis como “HOPE” e “Time Machine”. Durante a entrevista, a banda revelou que sua principal inspiração para o projeto foi sua primeira visita ao Brasil – onde se sentiram felizes e confiantes. Além disso, o objetivo principal do álbum é transmitir mensagens sinceras deles aos fãs. 

Encerramos o papo com um bate-bola divertidíssimo. Confira a entrevista completa:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.