Cobertura

Backstreet Boys em Belo Horizonte: a receita original que encanta mesmo 30 anos depois

Com sua formação original, a boyband Backstreet Boys encerrou a turnê “DNA World Tour” no Brasil na cidade de Belo Horizonte, MG, no último dia 29 (domingo). A turnê, que anteriormente estava programada para o ano de 2020, havia sido interrompida por conta da pandemia do COVID-19, mas retomou com força total nos últimos meses. 

O grupo reuniu uma multidão de cerca de 25 mil fãs na Esplanada do Mineirão, alguns que chegaram a acompanhar sua carreira desde sua formação, 30 anos atrás — e que, em alguns casos, pela primeira vez tiveram a oportunidade de assistir a banda tocar ao vivo. A apresentação, que durou cerca de 2 horas, contou com a performance de 32 músicas em uma tentativa de encapsular os 10 álbuns lançados pela banda, em um só show repleto de coreografias — que sempre foram tradição das boybands dos anos 90. 

Além das 32 músicas e clássicas coreografias, o Backstreet Boys mostrou-se ser uma boyband completa ao realizar 5 trocas de roupa — sendo uma delas no palco, protagonizada por Kevin e AJ, que comentaram estarem “retribuindo” as vezes em que os fãs lançaram seus sutiãs e até mesmo calcinhas nos integrantes da banda durante suas performances. 

“Ok, garotas, aqui vou eu. […] vamos fazer como se fosse um casamento, beleza?” diz AJ, antes de arremessar sua cueca no público. 

Se apresentando anteriormente em Curitiba e São Paulo, o Backstreet Boys deixou claro que a receita criada para boybands dos anos 90 encanta fãs até o dia de hoje, expondo que o tempo não foi capaz de levar seu título de “maior boyband do mundo”. Nick Carter ainda afirma que: “É realmente difícil acreditar que isso tenha durado 30 anos” e, presenciando toda a produção ao vivo, até mesmo nós nos vemos desacreditados de que tenha passado tanto tempo. 

Fotos: Letycia Cavalcante

Pra conferir vídeos do show é ir lá no nosso Instagram: instagram.com/weinthecrowd <3

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.