Cobertura

half•alive e Thomas Headon oferecem a Orlando uma noite mágica de música

O House of Blues de Orlando recebeu a “Conditions of a Punk Tour” de half•alive que conta com Thomas Headon como convidado especial.

Chegando na casa de show podia-se ver as
cortinas do palco fechadas enquanto a playlist pré-show tomava das vozes da plateia com musica de Lennon Stella, Sasha Sloan e outros artistas.

As cortinas se abrem e com a faixa indie rock “How Do I Know?” Thomas inicia seu primeiro show na cidade da Flórida com a energia lá em cima.

O cantor é extremamente divertido e sabe cativar o publico, mesmo não sendo totalmente seu. Em um momento do show ele fez até uma dinâmica dando um dólar para quem acertasse o ano em que o primeiro parque da Disney foi inaugurado em Orlando, além disso ele estava usando um chapéu de orelhinhas do mickey.

A setlist variou entre músicas dos EPs de Headon e também a noite ganhou um cover de “We Are Never Ever Getting Back Together” de Taylor Swift e de “The Best of Both Worlds” de Hannah Montana – que foi quando o cantor brincou antes de começar a cantar que seria uma musica forte de Rock ‘n’ Roll e que era pra todo mundo fazer o símbolo com as mãos.

“Butterflies” foi a música mais sentimental do set, Thomas pediu para que todos demonstrassem amor a pessoa ao seu lado. Durante a apresentação, o público entrou no clima fazendo várias borboletas com as mãos.

Thomas Headon encerrou sua participação com “UrbanAngel1999” e com certeza ganhou vários admiradores naquela noite.

Foto: Gabriele Montresol

Exatamente às nove da noite, half•alive entra palco. O show começa com um pano cobrindo todo o espaço com apenas reflexos do vocalista Josh Taylor se apresentando por atrás dele e seus dois dançarinos acompanhando adicionando camadas com luzes e coreografias perfeitamente cronometradas. É exatamente o que tornou as três peças tão especiais desde o início, sua implementação da dança em sua identidade como banda, seja em seus videoclipes ou em shows ao vivo, Josh, J Tayler e Brett sabe o que esta fazendo.

Com mais de 23 musicas do trio sendo celebradas junto com uma multidão apaixonada, a performance de “Call Back” ganha destaque. A música começa calmamente quando de repente as luzes se apagam e um telefone começa a tocar. Nesse momento eles atendem e falam que é pra alguém na plateia. Um fã é escolhido para atender, muito emocionada ela começa conversar e na hora da pergunta “o que você está fazendo hoje?” ela grita com maior orgulho que está no show da sua banda favorita, half•alive, e todo mundo vai à loucura.

Josh também comenta que passou seu aniversário na Disney no dia anterior e nesse momento um coro de feliz aniversário para ele ecoa o House of Blues inteiro.

Desde músicas explosivas até um momento acústico, half•alive tem a atenção da plateia o tempo inteiro.

Esse show é uma experiência que vai além do auditivo, com suas coreografias interpretativas e ajudas visuais, half•alive: Conditions of a Punk dá ao público uma visão a uma pequena parte da jornada flutuante que é a vida.

HALF•ALIVE

THOMAS HEADON

Fotos: Gabriele Montresol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.