Cobertura

NX Zero volta aos palcos depois de cinco anos longe

A banda se apresentou com a formação original, em Florianópolis na última sexta-feira (07) com a Tour Cedo ou Tarde, na Arena Opus.

Com o sentimento de nostalgia de todos presentes, o público cantava todas as letras das músicas do NX Zero. É inegável que os meninos marcaram uma geração. Começando com “Só Rezo”, podia ver fãs chorando e soltando a voz com a segunda chance de aproveitar o som do NX ao vivo. 

A setlist continua com “Daqui Pra Frente” e todos vibravam com eles, sem parar de pular. Era visível que os fãs cresceram junto a eles, a emoção de poder curtir “Pela Última Vez” (será?) o som da banda ao vivo, depois de anos sem subir aos palcos da capital catarinense. 

Foto: Amanda Spindola

Mudando um pouco o ritmo do show, Di Ferrero (vocalista) começa a cantar “Onde Estiver” com violão, para tocar a sequência mais linda: “Uma Gota No Oceano” e “Espero A Minha Vez”. 

Antes de “Cedo Ou Tarde”, uma homenagem ao Chorão com o vídeo do Projeto Paralelo, quando o cantor fez um remix da música para a banda. 

“Essa música, quanto mais o tempo passa, eu vejo que o sentido dela, como a gente compôs, como a gente fez. (…) Significa muita coisa pra muita gente. Inclusive, quem escolheu essa música pra fazer um remix mesmo, eu dei opção pro Chorão e ele escolheu essa daqui pra ele. Então, barulho aí pra ele ouvir onde ele estiver. Inclusive, as pessoas aí que a gente ama que não estão mais aqui, as pessoas que a gente ama e que estão aqui, neste momento, aqui, que tão aqui hoje com a gente, olha pro lado. A gente tem que valorizar o nosso momento. Temos que valorizar o nosso agora.” 

Di Ferrero depois de apresentar a música “Cedo Ou Tarde” 

Em seguida, “Meu Bem”, “Insubstituível” e “Incompleta” fazem parte da setlist antes de seguir para a parte acústica do show, que contou com “Silêncio” e “Cartas Para Você” só com voz, violão e guitarra. 

Foto: Amanda Spindola

Com a oportunidade do Di chamar o Gee Rocha (guitarrista) para vir morar com ele na cidade, eles também fazem um cover acústico de “Vagabundo Confesso”, da banda Dazaranha, nativa da capital e que faz parte da cultura florianopolitana.

Caco (baixista), Fi Ricardo (guitarrista) e Dani (baterista) voltam para o bloco final com “Hoje o Céu Abriu”, “Vamos Seguir”, “Pedra Murano”, “Ligação” e “Não É Normal”, os cinco saem do palco e voltam com a plateia cantando “Eu Não Vou Embora” e tocam ao ritmo de “Seven Nation Army”. 

Foto: Amanda Spindola

O incrível espetáculo vai chegando ao fim com umas das maiores músicas de NX Zero, “A Melhor Parte De Mim” com certeza é ainda mais especial ao vivo. É nítido que cantar “pois agora sei, que quando acabar você vai estar aqui” com os fãs fiéis da banda, é emocionante para todos os cinco integrantes e também para o público. Com pessoas que viajaram para poder presenciar o retorno depois do hiato de 5 anos, desde São Paulo até o México, foi uma noite especial para todos os 9 mil que estavam presentes no local. 

Com “Além De Mim”, a plateia mostra o sentimento que a banda os fez muito felizes, não só nessa noite mas em todos os anos em que NX Zero fez parte da trilha sonora da vida de muitos. Finalizando com o hit “Razões E Emoções”, prova que os fãs estarão sempre esperando por eles independente do tempo, pois mesmo depois de 17 anos do lançamento da música foi um momento muito especial.

A banda vai lançar mais uma música, “Você Vai Lembrar De Mim”, no dia 12/07, você pode fazer o pré-save aqui e concorrer a merch, ingressos e mais. Confira as datas da Tour Cedo Ou Tarde e garanta seus ingressos aqui para aproveitar essa oportunidade única e imperdível de curtir o som do NX Zero ao vivo. Para vídeos do show, clique aqui para conferir no nosso Instagram. 

Um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.