Matéria

Cada pequena coisa que o Dayglow diz, ele faz: conheça mais sobre o artista e o seu novo single

Quando Dayglow subiu no palco do Lollapalooza em 2024, atraiu ouvintes de todos os cantos. A energia de Sloan Struble, o cantor por trás do nome Dayglow emocionado por se apresentar pela primeira vez no Brasil, era inexplicável de forma que inundou os fãs e os curiosos cativados pelo som.

Definido como criativo e versátil pelos críticos, Sloan aprendeu em sua infância no Texas diversos instrumentos e habilidades de produção musical por não ter com quem montar uma banda, iniciou sua carreira como Dayglow aos 18 anos com o álbum Fuzzybrain. “Can I Call You Tonight?”, a segunda canção do álbum se tornou seu primeiro hit viral com mais de meio milhão de plays, em que canta sobre a dificuldade de expressar suas verdadeiras emoções.

Preparando o cenário para sua mais nova era, lançou recentemente o single ‘Every Little Thing I Say I Do’, em que vamos juntos descobrir o que passa pela mente extraordinária e inovadora de Sloan para o seu quarto e próximo álbum.

O que ele já disse (e fez)? 

  • Cada álbum criado por Dayglow mostra fases diferentes da sua vida: O primeiro recebe influências do indie rock 00s, o segundo mostra o seu lado apaixonado pelos anos 80 recheado de visuais coloridos, e o terceiro foi gravado e produzido por ele mesmo que passou por mudanças como se casar na mesma época. 
  • Atendeu o pedido de uma fã no Lolla BR, que cantou “Close to You” com ele.
  • Emplacou “Hot Rod” como o maior sucesso alternativo independente de 2020, alcançando a posição #2 na Alternative e AAA Rádio.
  • Esgotou turnês ao redor do mundo, fez parte de grandes festivais como Reading & Leeds, Corona Capital, entre outros, e declarou que já não vê a hora de voltar ao Brasil!

Novo single e próximos passos

Começando um novo capítulo e fazendo sua estreia na gravadora Mercury Records, ‘Every Little Thing I Say I Do’ é o primeiro single lançado por Dayglow desde 2022. Cheia de riffs de guitarra animados que passam uma sensação ensolarada, palmas animadas em um ritmo divertido, o cantor desdobra o otimismo que flutua como um véu sobre a dicotomia da insegurança com a vontade de ser ele mesmo e atingir novos patamares como no verso inicial:

Oh don’t you know that in my life

I get up so high

Just to get insecure?

(Ah, você não sabe que na minha vida eu chego tão alto só para ficar inseguro?)

Ele apresenta exatamente o inverso do que diz na ponte “I get so down, down on myself” (eu fico deprimido comigo mesmo), expressando o fato de ser inseguro em relação às pequenas coisas da vida, como as coisas que disse e o que significaram para os outros, e ao final incentiva:

I do it all, do it all for you

Every little thing I say I do

(Faço tudo por você, toda pequena coisa que eu digo, eu faço) 

Sobre o single, o cantor declarou que é uma música em que zomba do seu perfeccionismo e desejo de controle:

“É uma afirmação bastante ridícula – que eu não apenas faço tudo perfeitamente, mas também para o seu benefício – mas esse é o ponto. É uma maneira tóxica e impossível de ser, mas infelizmente é desse modo que, infelizmente, costumo fugir em meu pequeno cérebro homosapieno. Eu escrevo músicas como uma forma de me entender melhor e às vezes tenho tendência a ser bastante duro. Porém, depois que uma música termina, sempre sinto que cresci um pouco e que fui capaz de ter uma visão mais realista de mim mesmo do lado de fora.”

Para completar seu pensamento, ele continua:

 “Minha esperança é que o mesmo efeito aconteça também para os ouvintes. Espero fazer músicas que ajudem as pessoas a refletirem sobre si mesmas e a se tornarem mais legais, porque certamente sempre preciso fazer isso. Eles também podem simplesmente dançar a música. É muito cativante.”

Além de compositor, cantor e protagonista, Sloan também foi o produtor, diretor e editor do videoclipe da nova música. A ideia era ser algo caseiro, porém cativante, e acabou se tornando algo muito divertido e alternativo. Confira:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.